março 18, 2011

Dica de Edileusa à juventude feminina



Olá juventude!

Todas sabemos que os homens são uma complicação, e quanto mais eles dizem "não vamos complicar as coisas, ok?" é justamente quando eles as complicam, certo meninas?

E neste momento começamos a detectar uma série que incongruência entre o discurso deles e as atitudes. Deixem-nos franzir o sobrolho à vontade porque nós sabemos que isto é verdade!

Uma das frases favoritas dos homens é "preciso de arejar as ideias". Tal frase leva as mulheres optimistas a pensarem: "Olha... ele pensa!". E daqui pode surgir um enorme equivoco que descamba numa gigantesca desilusão futura. Por isso, meninas, atentem no que vos digo: quando um homem diz que apenas precisa de arejar as ideias ele apenas precisa de abrir as pernas para arejar o "cérebro". Como todas sabemos o sobreaquecimento da zona principal de qualquer máquina leva à sua inactividade/bloqueio.

23 comentários:

Cat disse...

Edileusa, quirida, agora é que disseste tudo: "quanto mais eles dizem "não vamos complicar as coisas, ok?" é justamente quando eles as complicam".
E nem mais!
Complicadinhos...


ps - gosto da foto. Rapaz decidido. Com eles no sítio. Esse é que não complica nada!

Ricardo disse...

nao vizinha. isso é das frases mais perigosas dos homens. isso quer dizer que ele ta farto da mulher e quer alguma distancia dela, eventualmente obversar outras............ arejar as ideias é um grande risco para voces

so isso

Dona Edileusa disse...

Obrigada Cat! Eu sabia que tinha razão nisso ao contrário do que o malvado Agostinho diz! Ranhoso!

É que complicam tudo, cruz credo!

Dona Edileusa disse...

Ricardo então é por depois os homens levarem um pontapé ou joelhada nas partes que surgem as enxaquecas masculinas?

Ricardo disse...

a tua frase é tao estranha q pode ter mtas interpretacoes. reformula

Dona Edileusa disse...

Reformulava se tivesse surgido uma delicada expressão: se faz favor.

Se há várias pega numa, e have fun.

Ricardo disse...

ok, entao toma lá uma boa resposta

Dona Edileusa disse...

Os meus sinceros parabéns, de longe muito mais eloquente e bem conseguida que a primeira.

Ricardo disse...

o prazer foi todo meu

Benedita disse...

Oh mãe e quando os homens acham que têm razão? Até podem não ter, mas fazem questão de dizer ou tentar demonstrar que a têm?

Dona Edileusa disse...

Minha filha nesses casos deixa-los a falar sozinhos. Eles vão continuar a achar que têm a razão e tu ao fundo podes sempre rir da figura deles, sobretudo quando não entenderam a piada.

Ricardo disse...

dona... eu fiz um comentario construtivo ao post. tu metes no meio, pedi para seres mais clara e armaste em galifa, e depois levaste com o meu desprezo. mas ainda achas que ganhaste? ok, leva lá a taça

Dona Edileusa disse...

Ricardo, a frase do arejar foi ali colocada num sentido puramente irónico. Com honestidade não alertei para tal no post porque, optimista, achei que todos o entenderiam como tal. Tu optaste pelo construtivo, parabéns.
Quem aprecia colecionar taças são pessoas que carecem de objectos para alimentar vazios interiores.

Ricardo disse...

ou entao pessoas competitivas e com algum objectivo que nao uma porcaria de um ordenado minimo no fim do mes que sirva apenas para pagar a renda e para o tabaco. mas ok, este blog já teve melhores dias, e melhores comentarios

Dona Edileusa disse...

Ricardo, uma pessoa tão dotada de opiniões construtivas será seguramente um desperdício continuar a ir a um blog que já teve melhores dias. Lá estão as incongruências masculinas entre acção e pensamento.

Ricardo disse...

acho que nao tens nada a ver com o que eu faço ou deixo de fazer, mas eu conto-te um segredo : eu sempre gostei de animais

Dona Edileusa disse...

Ricardo, queres ir por esse tipo de discurso boa viagem.

Ricardo disse...

qual? aqueles do tipo que nao tinhas motivo nenhum por te armares à bronca quando só fiz um comentario na puta da melhor intençao e a alertar para algo que é mesmo verdade? aqueles que mais valia estar estar calado e ler isto na diagonal como faz quase toda a gente? deve ser. passa bem

Dona Edileusa disse...

Obrigada em nome de todas as mulheres por nos alertares para algo que já todas sabiamos, obrigada WikiRicardo.

Ricardo disse...

fico com pena de 3 coisas. do tempo que perdi a ser simpatico e comentar, da tua estupidez e arrogancia, e com pena de ti

até sempre, nao leio parolas

Dona Edileusa disse...

Eu fico com pena de seres ignorante o suficiente para não entender que não só o post foi uma brincadeira como as minhas respostas. Ah... e fico também com pena de não teres capacidade para responder de forma mais inteligente, mas ok... é preciso aceitar os outros como eles são.

As melhoras.

Goizzzzzz disse...

Tarde Senhora.
Como nunca privamos nao dispenso, antes de mais, as minhas apresentacoes.Tenho um tasco na rua debaixo, perto daqui das vizinhas e passei por aqui a procura de um cliente.
Ouvi a conversa e nao resisti em meter a colherada.
Nos homens, somos complicados.Mas somos ainda mais quando a nossa mais que tudo nos moe a cabeca!Ora homem que e homem admite o facto, pois a disposicao pa ver a bola, pa jogar a sueca ou mesmo bber uns copos nao e de todo a mesma.
As divergencias entre atitudes e o discurso e consequencia disso...
Arejar o quer que seja, nao significa nada mais que isso mesmo.
Um homem quando realmente quer distancia nao entra em rodeios.
O campo de accao acaba por se resumir entao ao mesmo de sempre.... ao tempo!
Nao vem na wikipedia mas e de senso comum. O tempo tudo revela. Ele arrefece e certo, mas tambem nos revela novos caminhos!
Em situacoes conflituosas tornasse imprescindivel mais do que uma abordagem. mas uma abordagem diferente!
aprendi entre copos, com alguns advogados clientes que passam por la no tasco...ossos do oficio...

ja agora alguem viu um zuca com barbicha???bebeu e saiu sem pagar o malandro!

opistia disse...

hummmm quanta faísca...